Meniscos dos Joelhos | Lateral e Medial | Anatomia e Funções | Resumo

Os meniscos são formados por tecidos de fibrocartilagem, que possuem um ótimo desempenho para absorção de impactos, o que acarreta na proteção contra contusões e colabora para a preservação das demais peças do sistema articular que compõe o joelho. Os joelhos possuem um  lateral e um medial.

menisco-interno-e-lateral



Menisco lateral e medial

O menisco lateral colabora para a diminuição do atrito na articulação, o que é importante do ponto de vista da redução no desgaste das articulações. O menisco medial está localizado na tíbia, conectado ao ligamento medial, tendo como característica o movimento limitado.

Função dos meniscos no joelho

Como a área de contato entre a tíbia e o fêmur possui um encaixe pouco eficiente, os meniscos atuam como conexões de extrema importância, pois além de possibilitarem os movimentos entre as peças das articulações, atuam como uma espécie de estabilizadores para os joelhos.

Quando ocorre a compressão dos mesmos, como ao correr ou a ação de subir uma escadaria, o liquido sinovial se encarrega de fornecer a lubrificação necessária para que as articulações possam cumprir o seu papel no sistema articular sem que ocorra o risco de desgastes ou lesões.



Anatomia dos meniscos

São estruturas que desenvolvem-se de porções do disco articular de mesênquima, o qual primitivamente ocupava o espaço entre as cartilagens articulares em desenvolvimento da correspondente articulação. Neles, o mesênquima tende a se diferenciar em fibrocartilagem.

Eles podem ter uma borda interna livre, como na articulação do joelho, ou podem atravessar a articulação, dividindo-se em 2 cavidades articulares separadas, como na articulação esternoclavicular.

Contusões nos meniscos

Os meniscos da articulação do joelho podem ser lesados, em consequência de traumatismo, e é prática comum remover um menisco em tais condições. Após uma eventual remoção, às vezes, um novo se forma, originando-se da cápsula fibrosa da articulação.



A nova estrutura que se forma desse modo é quase uma completa duplicação do primitivo menisco, mas ela consiste mais de tecido denso do que de fibrocartilagem. Novos meniscos, que se formam desse modo, podem, por sua vez, ser lesados e exigir remoção; por este fato é que se verificou que os meniscos articulares podem regenerar-se.

Continue aprendendo sobre o SISTEMA ARTICULAR